segunda-feira, 20 de julho de 2015

Faça o Download Grátis da Belíssima Canção: "Acalma o Meu Coração de Anderson Freire"

















 

Acalma o Meu Coração

Anderson Freire


Não quero interromper o Teu silêncio, oh Pai!
Mas é só orando que eu encontro paz.
O vento da aflição quer apagar a chama
Da minha adoração.
O mundo é um oceano,
Minha carne é um furacão,
Minha vida é um barquinho buscando direção
Descansa em minha alma
E acalma a tempestade
Que agita o meu coração.


Acalma o meu coração! Acalma o meu coração!
O vento está soprando,
Mas é Te adorando que venço o mar da aflição.
Acalma o meu coração! Acalma o meu coração!
Só venço esse mundo se for em Tua presença
Acalma o meu coração!


O barulho do mar vem pra me confundir
Oh, Pai não deixe as ondas
Minha fé diminuir!
Perdoa se pensei que em meio ao Teu silêncio
Não estivesse aqui.
Viver na superfície sem poder respirar,
O mesmo que morrer por não Te adorar!
És meu oxigênio
Senhor, sem Tua presença
Minha fé vai naufragar!


Digite seu e-mail abaixo para fazer o download da música: "Acalma o Meu Coração de Anderson Freire" e 6 E-books Evangélicos e Músicas Gospel Mp3 Exclusivas;





Cadastre seu e-mail abaixo para fazer o download:


Você não receberá Spam nós não Gostamos Disso. Lembre-se de confirmar o cadastro no link que vai receber no seu e-mail.
Obrigado!

Confira mais musicas em nossa página de downloads no seguinte link: downloads evangélicos

terça-feira, 14 de julho de 2015

Lançamento do DVD - Oficina G3 “Histórias e bicicletas”




Uma das mais renomadas bandas gospel da atualidade, a banda Oficina G3, se mostraram grandes. Desde Indiferença (1996), e não precisa provar para ninguém que é um dos maiores grupos musicais do mundo evangélico. Com o passar dos anos, sua fama foi crescendo, algo que lhe fez bem, e ao mesmo tempo, mal. Mal porque o processo de lançar um bom disco, com forte aclamação popular, faz com que qualquer artista ou banda procure se superar, extrapolar os seus limites e claro, agradar seu grande público evangélico é algo que não é fácil mesmo que a fonte seja limitada. Quando o trabalho não é recebido tão favoravelmente quanto os da “era clássica”, começam-se as especulações. Após o questionado Humanos (2002), acredito que o Oficina somente alcançou consenso em Além do que os Olhos Podem Ver (2005). A partir deste trabalho, Juninho, Duca e Jean Carllos, evidentemente, alcançaram tudo o que lhes era possível, como um trio. 


Os recentes lançamentos foram de altíssima qualidade e seguiram-se numa pressão que poderia ser perigosa para a banda, caso seguissem na mesma formação. A entrada de Mauro Henrique em 2008 deu uma vitalidade a banda, mesmo que Depois da Guerra seja, em minha particular visão, um disco inferior a Elektracustika (2007) e o Além (especialmente, quando me refiro as baladas do CD). Enquanto isso o público ficou enlouquecido com o prog metal que a banda já vinha fazendo desde 2005 até a atualidade e agora com as novas influências de metalcore, o grupo provou que não a limites para a criatividade e inovação se mantendo entre os maiores nomes e mais respeitados grupos evangélicos da atualidade.

O DVD Histórias e Bicicletas “Reflexões, Encontros e Esperança” veio como um tapa na cara para inúmeras pessoas que queriam apenas um peso instrumental, que, na visão dos leigos, é o que faltou em bons álbuns como o Elektracustika e O Tempo (2000). Em contrapartida, recebemos um álbum de conceito lírico bem mais sentimental, forte e certamente o mais introspectivo de toda a carreira da banda. Dividir conceitos, para um grupo de quase 30 anos de carreira, é algo bastante óbvio de acontecer. Mas saber canalizar suas experiências pessoais para composições sinceras, é ainda algo que muitos tentam mas poucos conseguem, especialmente no meio evangélico, porém o grupo Oficina G3 faz isso com extrema originalidade e singularidade.

Depois de o enérgico D.D.G. Experience e anos de silêncio, Oficina G3 chega com seu 1º filme, “Histórias e Bicicletas” com a direção de Hugo Pessoa, um profissional muito experiente nos trabalhos da banda. Com o intuito de fazer uma espécie de documentário, a super produção procura mostrar as sessões de gravação, as visões particulares dos 4 integrantes sobre a canção e sua relação com elas, além de performances dos louvores do trabalho.

O
line-up, como um quarteto, é tão sólido quanto neste registro mais atual. Sob uma oração de Juninho com os integrantes e Leonardo Gonçalves, e um discurso de Duca, com imagens do dia a dia em preto e branco – algo, aos poucos, saturado nas obras dirigidas por Hugo – embalam as palavras do baixista e o instrumental executado pelo guitarrista, que comenta a pulsante e dreamtheaterníaca Diz, acompanhado de um grupo extremamente técnico.
Duca Tambasco se torna o muito importante. O baixista, como na grande maioria das bandas de rock, pode não ser o mais lembrado, mas mostrou-se de extrema importância para o conceito do CD. Sua voz, apesar de pouco ouvida nos louvores da Oficina G3, são transmitidas no interlúdio. Enquanto as imagens o retratam como um sujeito tranquilo, o seu baixo pulsante (a influência do RAK na mix me fez lembrar de Muse) dá início a uma das músicas mais enérgicas e progressivas de Histórias e Bicicletas, Não Ser.

Juninho, um dos mais importantes e influentes nomes por trás da banda desde 1990, consagrou-se, neste documentário, como um cidadão cuja fala é mais pertinente pela habilidade seus dedos, do que por palavras propriamente ditas. Seus solos, pelo trabalho, mostrou toda seu crescimento ao longo dos tempos. O “progresso” nas canções da banda, na maioria das vezes, se deve as parcerias e influências trazidas pelos artistas contratados e convidados, que atuam com o quarteto, de tempo em tempo. Leonardo Gonçalves é um deles, o qual participa em Lágrimas e nos relembra da habilidade da banda em produzir baladas. 

 
Sonoricamente, o filme Histórias e Bicicletas não precisou acrescentar muito a sua versão em CD, pois os interlúdios, depoimentos e cenas de gravação, com muita interação e raras falas sobre o álbum de fato, mostra que a super-produção soa mais interessante pelo implícito. As entrelinhas contidas nas tomadas, na maioria das partes seguidas em escala de cinza, podem cansar o público mais desatento, porém, são autoexplicativas para quem conhece, ao menos um pouco, o contexto sobre a produção do álbum.
 
A grande inovação mais real e inércia do trabalho concentra-se em Hugo Pessoa. O diretor, que provou, durante tempos, ser um dos mais criativos do ramo evangélico, aos poucos começa a se tranquilizar. uns elementos em suas obras, como introduções temáticas, estão cada vez manjadas e precisam estar unidas as novidades e inovações. Em registros mais antigos e bastante elogiados, como o próprio D.D.G. Experience e Ao Vivo no Maracanãzinho (Trazendo a Arca), a ideia era excelente e “inovadora”, mas foi trabalhosamente explorada, como nos recentes Ao Vivo em São Paulo (Heloisa Rosa), Mais um Dia Ao Vivo (Livres) e No Caminho do Milagre (Davi Sacer). Contudo, para quem perdeu estes belíssimos trabalhos, não ficará tão abalado e já estará satisfeito com as eficientes apresentações do grupo.

Confira no Link Abaixo o Trailer Oficial do DVD Histórias e Bicicletas O Filme da banda Oficina G3:



segunda-feira, 13 de julho de 2015

Leonardo Gonçalves Apresenta Versão em Português da Música Tema do Filme Você Acredita?.




Cantores da gravadora Sony Music ainda gravaram vídeos apoiando o projeto, o grande público presente no Encontro de Mídias e Lojistas proporcionado pela Sony Music na cidade de São Paulo, na quinta-feira dia 02 de julho de 2015, teve a oportunidade de conferir, com exclusividade, a versão em português da música-tema do filme Você Acredita?. Escrita originalmente por Richie Fike, Matt Hooper e Travis Ryan e gravada pela banda americana Newsboys no CD Restart (2013), a canção foi traduzida por Leonardo em parceria com Samuel. Além da mudança em alguns versos, a bela música ganhou alguns arranjos de piano e foi bem aceita pelo público evangélico.


Comentou Leonardo Gonçalves:


"Nossa versão servirá como uma transição para o público brasileiro já que a música começa ao final do filme. 'Você Acredita' não é uma visão caricata do Evangelho, ele traz personagens contraditórios como o ser humano é".


Extremamente envolvido com o tema apresentado pelo filme - o poder transformador da mensagem da Cruz – o cantor mostra-se um verdadeiro entusiasta do cinema gospel e da abertura da indústria para produções do gênero.


Destacou Leonardo:


"O cinema é o novo espaço que está se abrindo e isso era um passo natural depois de rádio, TV e Internet. Entretanto, eu não gostaria de ver esse filme sendo usado como arma contra determinado grupo. Que ele seja visto como evangelização e testemunho. Infelizmente, às vezes, a palavra EVANGELIZAÇÃO acaba se caricaturizando como algo que eu tenho para lhe oferecer e que me torna superior a você. Nossa postura deve ser mais humilde e isso não é abdicar dos princípios, mas é você se posicionar de uma maneira realista".


Com estréia prevista para três de setembro de 2015, a distribuição de Você Acredita? nos cinemas brasileiros será feita através da parceria entre as empresas 360WayUp, California Filmes e Sony Music. Além de apresentar a música-tema do projeto, a equipe da 360WayUp aproveitou a oportunidade para gravar alguns teasers juntamente com o cast da gravadora durante o Encontro de Mídias e Lojistas. Grandes cantores(as) como Marcela Taís, Cristina Mel, Damares e DJ PV mostraram sua aceitação ao filme e gravaram vídeos que serão usados ao longo da propaganda do projeto desenvolvido pelos mesmos autores do sucesso Deus Não Está Morto.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Lançamento - André e Felipe “Acelera e pisa”




No mês de agosto de 2015 o público evangélico poderá conferir o mais novo lançamento de André e Felipe, o belíssimo trabalho "Acelera e Pisa" gravado ao vivo na cidade de Vila Velha no estado do Espírito Santo durante o evento Jesus Vida Verão. Neste mês a versão do trabalho chegará às lojas de todo o país e também nas principais plataformas digitais. O projeto contará com 6 canções inéditas, incluindo uma música em parceria com a cantora Daniela Araújo. A primeira canção de divulgação será a faixa título do projeto, "Acelera e Pisa".


Em julho as rádios receberão o áudio e o 1º single será lançado no formato digital. O DVD será lançado no mês de setembro. A produção musical do projeto ficou a cargo do excelente profissional Jimmy Oliveira e a direção de vídeo por conta de Hugo Pessoa.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Obrigado Por Mais de 200 Mil Acessos!



Recentemente nosso chat gospel ultrapassou os 200.103 acessos, com uma média de 7.209 visualizações ao mês a web rádio cresce a cada dia, e nada melhor do que agradecer a você nosso publico fiel que sempre nos prestigia, estamos sempre atentos aos comentários e queremos melhorar a cada dia, para oferecer o que tem de melhor do mundo gospel para o cristão que procura conversar com pessoas evangélicas ou ate mesmo ler um livro gospel, baixar musicas mp3 gospel exclusivas ou disseminar a palavra de Deus através de nossos gifs evangélicos, estamos sempre abertos a novas sugestões e queremos melhorar sempre para poder oferecer o melhor serviço ao grande público evangélico no mundo inteiro.

Lançamento - Marcela Taís “Ame mais, julgue menos”




Com o grande sucesso do trabalho moderno à Moda Antiga, que alcançou importância nas principais plataformas digitais, chegando a figurar na home do iTunes, a cantora Marcela Taís lançou o tão esperado vídeo-clipe do single Ame Mais, Julgue Menos no dia 02 de julho de 2015 durante o Encontro de Mídias e Lojistas promovido pela grande gravadora Sony Music na maior cidade do Brasil, São Paulo. Roteirizado pela própria Marcela, o clipe reuniu cerca de 80 figurantes para passar a mensagem sobre a importância de olharmos para nós mesmos e nos colocarmos também no lugar do outro.


Comentou Marcela Taís:


Cabe a nós, todos os dias, colocarmos nossa alma para se olhar mais no espelho e treinar nossos olhos, ouvidos, pensamentos e coração sujeitos ao estilo de vida de Jesus. Temos sim que denunciar o pecado e discordar dele, mas nunca querer anular o valor que Jesus pagou na cruz por cada um. Ele não sofreu mais para um e menos para outro, somos todos pecadores com pecados diferentes”.


Com direção de Bruno, o vídeo Ame Mais, Julgue Menos traz um excelente trabalho de fotografia com belas imagens da cidade de Brasília. De acordo com Marcela, apesar do dia extremamente corrido devido aos inúmeros detalhes das imagens, ela pôde contar com o apoio dos familiares e dos amigos, principalmente da mãe que ajudou a coordenar muita coisa. E por falar na família, ela também esteve presente no vídeo-clipe, mas de uma forma especial. “Usei fotos antigas da minha família. O militar que mostro na cena do trecho "Ninguém sabe as lutas que o outro lutou" é meu avô quando jovem. Inclusive, ver estas fotos na época do clipe me trouxeram boas parcelas pessoais de reflexão de como o tempo há de nos apagar já que somos nada, somos pó”.


Outro instante muito relevante do trabalho, foi a participação de um mendigo nas imagens. Antes mesmo da disseminação do vídeo, a foto do morador de rua publicada no Facebook da cantora já tinha chamado muita atenção.


Destacou a Cantora Marcela:


Foi um sinal de Deus muito claro para todos. No exato momento que estávamos montando a cena das plaquinhas eu perguntei: ‘Quem irá segurar a placa do ‘Julgue menos’?’ e me virei para escolher um figurante quando em minha direção vinha o mendigo, nem hesitei e apontei para ele”, recorda a cantora que destaca mais uma experiência vivida durante a gravação. “Entre as pessoas presentes havia uma missionária que havia levado sua filha e, pouco antes de começar as filmagens, ela me chamou num canto e falou coisas tremendas que ninguém sabia. Era como se Deus a tivesse enviado também para ajudar, ela tomou a frente e cheia de ternura conversou com o mendigo e pediu para fazer a cena e ele topou”.


Com inúmeros elementos interessantes, não é à toa que o clipe já ultrapassa os 45 mil visualizações no YouTube. Além das belas imagens, Ame Mais, Julgue Menos ainda traz uma profunda história por trás da composição da música, que nasceu em outubro de 2013, durante uma madrugada triste para a cantora Marcela Taís.


Finalizou Marcela Taís:


Estava sentada em minha cama em prantos, pois acabara de falar com alguém que havia me tratado de forma injusta e má. Então, nesse exato momento, meu celular começou a receber mensagens de uma pessoa que eu não falava há muito tempo e, entre tantas palavras de ânimo, ele me disse: ‘Não deixe ninguém ditar o seu valor’. O mais inusitado é que, no momento que eu lia as mensagens, pousou uma ‘borboleta cinza’ no celular com uma asa quebrada. Comecei a traçar um paralelo entre todas as histórias, pois, analisando a história de vida de quem havia me maltratado, você encontraria uma criança que cresceu sendo espancada pelo pai e que tinha sérios problemas emocionais. Quem me enviou a mensagem era alguém que eu nunca esperei que algum dia me ajudasse e a borboleta cinza? Bom, eu a detestava desde a infância e sempre matava com o chinelo assim que via alguma na parede. Contudo, ela me mostrou que não havia muita diferença entre eu e ela: pequena, fraca e também machucada. Não dava para contar toda esta história maluca na música! Até tentei! Então, defini em algumas frases o que aprendi: ‘Ninguém sabe a dor que o outro passou... Não podemos julgar ninguém (...)’”.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Lançamento - Anderson Freire "Coração Partido"



Assista o Vídeo Vale Mais Que Mil Palavras:




Imperdível um dos mais renomados nomes da música gospel Brasileira, Anderson Freire, lança seu mais novo trabalho o lyric vídeo do belíssimo louvor “Coração Partido”, que faz parte da coletânea “Amo Você Vol. 21”, da consagrada gravadora MK Music.